Carmen Locatelli
A intensidade do medo define o valor de seus sonhos!
Capa Meu Diário Textos E-books Fotos Perfil Livro de Visitas Contato Links
 
AMOR DE CONVENIÊNCIA

A mesma chave move-se de leve,
Pouco barulho se houve ao entrar,
A porta nem é trancada,
De tão breve que se há de sair.
Esqueça-se do verão e das camélias,
É outono outra vez...
E é amor outra vez!
O vento bate de mansinho no rosto de traços finos,
O cheiro do corpo pequeno é singelo.
Sem brisa, sem ilusão os sonhos acontecem.
Esquece-se dos rancores, as dores, a ausência de outros amores.
Termina-se e tudo esta leve, se dá adeus. (Ou até breve?)
Anda-se devagar e nem sequer olha pra trás...
E some no vazio de seus passos.

Carmen Locatelli
Enviado por Carmen Locatelli em 03/08/2011
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.