Carmen Locatelli
A intensidade do medo define o valor de seus sonhos!
Capa Meu Diário Textos E-books Fotos Perfil Livro de Visitas Contato Links
ACENDER A LUZ NÃO FAZ DIFERENÇA
10/08/09
16:18


Pergunto-me se vai passar. Em vão!
Será que ainda vivo por esta dúvida? Será?
Será que é o mesmo momento que me perturba? 
Ainda não reconstrui as paredes do meu muro e talvez jamais
as construa novamente. 
O interruptor está longe demais e a escuridão me devora...
Transformar-me-ei em perguntas. Talvez tolas e vagas.
Como a esperança que ainda vaga em mim...
Às vezes ela se dispersa entre um gole e outro,
mas não abandona a minha alma solitária.
E é esta mesma esperança que me acorda aos prantos e que
desperta um sentimento antes inofensivo em mim: o medo.
Uma vez um sábio me disse: "os amores são como as águas do mar: 
trazem belas conchas ou nada trazem, mas ao partir levam o pouco que temos".
E talvez você tenha levado um pedaço de mim quando partiu, o único pedaço que mantinha sob controle meus mais profundos medos e desejos.
Levou e deixou em seu lugar incertezas, amargas e obscuras incertezas.
"E agora, que posso esperar do amanhã?" 
"Posso esperar algo de mim além do fim?"
Perguntas, perguntas, perguntas...
"Eu espero você que não espera ninguém"
"Que espero então?"
"Talvez a chance que hei de me dar um dia!"
Meu calabouço existencial exprime a ilusão de viver sem dor por um momento. Como é possível? 
Um livro inacabável tenta corrigir minha loucura permanente. Sem sucesso. 
Sons e vibrações vêm de um toca discos antigo e certeiro. 
Danço para uma alma triste, danço para a solidão, danço para...
Lá fora robôs inventam sonhos impossíveis, planejam filhos, "fazem dinheiro".
Ao certo, não importa o quanto estamos perdidos, acender a luz não faz diferença!



 
Carmen Locatelli
Enviado por Carmen Locatelli em 17/08/2009
Alterado em 13/02/2018
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.